Leia após a publicidade



Mix de folhas sem agrotóxicos incrementam saladas do cardápio

Alinhado com a tendência mundial de reforçar o hábito da alimentação saudável do consumidor, o Spoleto começa 2018 com um mix de folhas 100% orgânicas em suas saladas. Principal objetivo da marca é estimular o consumo de ingredientes mais “conscientes” no dia a dia.

Até o fim do mês, a rede traz mais sabor e nutrientes ao cardápio dos restaurantes com a entrada de folhas orgânicas: rúcula, alface roxa e alface crespa.“Apresentamos uma nova experiência ao consumidor que busca uma alimentação saudável, sem agrotóxicos e aditivos químicos”, afirma a chef Andrea da Conceição.

As saladas podem ser pedidas do jeito que o cliente quiser. No tamanho tradicional, a porção de folhas orgânicas + seis ou oito ingredientes + molho sai a partir de R$ 20. Em uma outra combinação com proteína, o consumidor tem opção de acrescentar como adicional ao prato o suculento filé de frango – temperado à base de limão, ervas e especiarias -, por (R$ 6,90). E ainda como sugestão para uma ótima refeição, o delicioso polpettone (R$ 9,90) - carne macia temperada com ervas frescas, recheada de mozzarella.

As folhas orgânicas nas saladas entram somente nos restaurantes das capitais do Rio de Janeiro e São Paulo.

Em tempo:
Em 2016, o mercado brasileiro de alimentos e bebidas saudáveis alcançou R$ 93,6 bilhões em vendas, o que colocou o país na quinta posição no ranking dos gigantes desse setor. Entre todas as categorias do segmento, a de orgânicos foi a que teve o maior avanço dos últimos cinco anos, de 18,5%. Os dados são de um estudo da agência de pesquisas Euromonitor Internacional, publicado em fevereiro de 2017.


Tecnologia do Blogger.