Leia após a publicidade


     

A proximidade das embarcações com os banhistas tem deixado os turistas preocupados com a segurança no Litoral Sul. Na praia de Iriri, em Anchieta, um internauta registrou o momento em que uma escuna chega bem próximo ao local aonde pessoas nadavam. A Marinha do Brasil afirma que fiscaliza o local com frequência.
O registro foi feito na manhã desta quarta-feira (10) em um dos pontos mais frequentados no balneário. “Isso é direto aqui. Acontece todo dia, mas hoje achei que foi exagero. Fizeram uma manobra a poucos metros dos banhistas”, contou uma turista que prefere não se identificar.

Militares da Capitania dos Portos do Espírito Santo (CPES) informaram que foram à praia de Iriri na tarde desta quarta-feira (10) e não encontraram nenhuma embarcação no local. A CPES informou que fiscaliza regularmente as áreas que tem responsabilidade, incluindo todo litoral capixaba, empregando equipes de inspetores navais, conduzindo suas embarcações e viaturas.
SEGURANÇA
Praia de Itaoca, Itapemirim

Embarcações movidas a motor, como lanchas e motos aquáticas, podem se aproximar da praia desde que os condutores reduzam a velocidade para 5 Km/h. É o que explica a Marinha do Brasil, por meio do Comando do 1º Distrito Naval. Dentro desta velocidade, elas podem realizar o fundeio, embarque e desembarque de pessoas ou material, desde que não haja outra restrição estabelecida pelo município ou pelo Estado.
Estas embarcações, segundo o órgão, somente poderão trafegar a pelo menos 200 metros de distância da praia. Os condutores de embarcações que descumprem as Normas da Autoridade Marítima podem ser notificados e até ter a embarcação apreendida. 
DENÚNCIA
A Capitania dos Portos informou que está a disposição por meio dos canais de denúncia para receber a colaboração da população sobre qualquer irregularidade observada na condução de uma embarcação. Os telefones são: (27) 2124-6526 e (27) 2124-6500, e-mail cpes.denuncia@marinha.mil.br, e ainda, por meio do aplicativo "Praia Segura ES", disponível nos sistemas operacionais Android e IOS. É possível anexar fotos que identificam a embarcação.
Por nota, a prefeitura de Anchieta informou que as embarcações que trabalham com turismo na praia devem estar credenciadas junto à Capitania dos Portos e que não houve reclamação na Ouvidoria do município. O canal também está disponível no site do município (www.anchieta.es.gov.br) para reclamações e sugestões.

Tecnologia do Blogger.