Header Ads


LEIA APÓS O ANÚNCIO
Após os desfiles das escolas de samba, agora é a vez do Carnaval oficial. A folia em Vitória acontecerá no Centro Histórico. O local, que reúne nostalgia e história, será palco do agito. A proposta é de uma festa que flerta com a tradição dos antigos carnavais e um evento para toda família.
A programação deste ano acontece no sábado (10), domingo (11) e segunda (12). Os três dias de folia terão shows de samba, marchinha, samba-rock, blocos de rua, além das tradicionais matinês, que acontecem no Parque Moscoso e nos bairros Ilha das Caieiras e Goiabeiras.

Matinês

As crianças e seus familiares encontrarão diversão, brincadeiras e muita música nas matinês com o espetáculo "Respeitável Público", que traz vários números circenses, e a "Claws Banda", que mistura música e brincadeiras.
As apresentações acontecerão, das 9 às 13 horas, no sábado (10), na praça do Museu do Pescador, na Ilha das Caieiras; no domingo (11), na praça Três de Maio, em Goiabeiras; e segunda (12) e terça (13), no Parque Moscoso, no Centro.

Praça Costa Pereira

Samba, marchinha, frevo e samba-rock, entre outros gêneros musicais, vão dar o tom da folia na praça Costa Pereira e tornar o Carnaval da cidade mais plural e divertido. A programação de shows vai acontecer das 15 às 22 horas e tem como principal destaque a reunião entre a tradição e os novos nomes.
No sábado (10), quem abre a programação é o projeto Pindorama, do DJ Gustavo Txai, com uma mistura de ritmos brasileiros. O projeto irá abrir todos os dias do evento e divertir o público durante os intervalos.
Na sequência, a Orquestra Urbana apresenta um repertório variado em forma de marchinha. O projeto Feijoada traz o samba-rock para a praça. Fechando a programação do primeiro dia, o Guardiões do Corso anima a folia com um repertório de marchinhas.
No domingo (11), a festa começa com o projeto Pindorama. Em seguida, a banda Caixadá vai levar para o palco da Costa Pereira grandes sucessos do pop nacional, em versões carnavalescas. Depois, o samba-rock autoral da banda Derengos promete não deixar ninguém parado. Fechando a noite, a energia e suingue do Bloco Bleque.
Na segunda-feira (12), logo após o projeto Pindorama, o samba dá o tom da folia. Quem abre os festejos é a banda Samba Sim. Na sequência, Dennise Pontes leva seu trabalho autoral para os foliões. Encerrando a festa, a banda Fanfarra traz o clima dos antigos carnavais com uma série de marchinhas para alegrar o público.

Blocos de rua

Os blocos também estarão levando alegria para os foliões. No sábado (10), o Bekoo das Pretas faz sua estreia, das 15 às 19 horas, no Centro. No domingo (11), o Regional da Nair enche de alegria e cores a avenida Beira-Mar, no Centro, das 11 às 15 horas.
Na segunda-feira (12), o Bloco Bleque vai – literalmente – colocar o bloco na rua e desfilar na avenida Jerônimo Monteiro, das 15 às 19 horas. Na terça-feira (13), o bloco Amigos da Onça, das 15 às 19 horas, percorre a tradicional a rua Barão Monjardim, em que está localizado o Parque da Gruta da Onça.
Além dos blocos que saem no Centro de Vitória, o bairro Goiabeiras recebe no sábado (10) o bloco do Bairro Goiabeiras, que desfila das 15 às 19 horas. Em Jardim Camburi, no domingo (11), das 16 às 19 horas, o Tô Baby promete animar a criançada.

Essência

"O Carnaval de rua é a essência da festa. É o elemento popular criando a identidade de quem o produz, na busca da alegria, do festejo, da comemoração. Das matinês espalhadas pela cidade, dedicadas à criançada, aos shows da tradicional praça Costa Pereira e aos blocos de rua, tudo se resume numa grande festa, cuja essência e destino são um só: o público, a população, sempre pronta a fazer do evento um momento de beleza, partilha e felicidade", disse o secretário municipal de Cultura, Francisco Grijó.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.