Leia após a publicidade

Adapte seu organismo e diminua as consequências da mudança em sua saúde

Em vigor desde outubro de 2017, o horário de verão acaba na primeira hora deste domingo (18). As pessoas devem atrasar o relógio em uma hora e o ajuste vale para quem mora também em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Para o nosso organismo, é momento de modificar mais uma vez os hábitos. Como muitos têm dificuldade para adaptar o relógio biológico, que é mecanismo regido pela sequência das horas do dia que regula todas as atividades do corpo humano, a médica otorrinolaringologista e especialista em Medicina do Sono, Zuleika Paim, aconselha as pessoas a aproveitar o final de semana para adaptar o corpo para a alteração. 

E dá algumas dicas:

  • Evitar o consumo de alimentos e bebidas estimulantes no período da noite;
  • Pouco antes do horário de dormir, desacelere o corpo. Evite assistir à televisão, ficar no celular ou jogar videogame, por exemplo;
  • Tenha um ambiente de sono escuro, silencioso e arejado.

“As mudanças sentidas pelo organismo com o início ou o fim do horário de verão causam um desajuste temporário e passageiro. A adaptação com o final do horário de verão é mais rápida e branda que com o início dele.  Os efeitos dessas mudanças vão desde alterações no sono, apetite, que podem causar irritabilidade, estresse e baixa produtividade, mas em poucos dias passa”, conta a médica.

Economia - O horário de verão foi instituído em 1931, com o objetivo de economizar energia no país em função do maior aproveitamento do período de luz solar. Mas foi somente em 2008 que ganhou caráter permanente e passou a vigorar do terceiro domingo de outubro até o terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte.

O governo federal chegou a avaliar o fim do horário de verão para este ano, depois que um estudo do Ministério de Minas e Energia indicou que o programa vem perdendo efetividade. Porém, a presidência optou por editar um decreto apenas reduzindo a sua duração. Assim, em 2018, o horário de verão terá início em 4 de novembro.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.