Leia após a publicidade

Para quem quer curtir o carnaval sem causar estragos no orçamento, vale adotar alguns cuidados na hora de cair na folia. Seja viajando ou curtindo com os amigos, é fundamental e respeitar os limites da atual situação financeira. 
De acordo com o estudo realizado pelo SPC Brasil em todas as capitais do País, 48% dos brasileiros devem realizar alguma compra ou contratação de serviços para aproveitar a festa. E dois em cada dez entrevistados vão curtir o Carnaval sem ter planejado orçamento.
Para o presidente do Corecon-ES, o economista Ricardo Paixão, é possível aproveitar os dias de folia com organização. “Para não impactar o orçamento, é preciso fazer o que está dentro das possibilidades. Adequar a diversão ao orçamento e não o contrário”, orientou.
Se as condições não permitem viagens longas, a dica é optar por destinos mais próximos, com percurso menor, com rateio de custos. “Reunir familiares e amigos, num lugar mais próximo, e dividir as despesas com combustível, alimentação e aluguel, em caso de locação de algum imóvel. Se tiver como se hospedar na casa de um familiar ou amigo, o rateio das despesas fica ainda menor”, ressaltou Ricardo Paixão.
O economista Juliano César Gomes destacou que, embora a economia tenha dado sinais de melhora, o período ainda é de instabilidade e cautela é a palavra de ordem.
“A economia está se recuperando aos poucos, mas ainda há muito desemprego. Nas famílias, é comum ter integrantes que não conseguiram colocação no mercado de trabalho. E se for comprometer o orçamento para satisfazer um prazer do momento, como o do Carnaval, é grande o risco de comprometer o orçamento o resto do ano”, afirmou Gomes, que é conselheiro do Corecon-ES.
A orientação do economista é que, ao começar a planejar o Carnaval, é importante ter quitado as dívidas anteriores. “O caminho mais sensato é se planejar e evitar novos gastos enquanto a outra dívida estiver em aberto”, alertou.
Dicas para economizar no Carnaval
- Se não puder viajar para longe, opte por viagens curtas. Escolha um roteiro onde possa curtir o Carnaval com um percurso pequeno, evitando maiores gastos com hospedagem e combustível.
- Caso alugue um imóvel para aproveitar os dias de festa, a dica é reunir um grupo de familiares e dividir os custos do aluguel, alimentação e combustível.
- Procure fazer as compras de bebidas e alimentos no lugar onde mora. Procure produtos em promoção. Assim, evita pagar mais caro no local da festa.
- Avalie quanto pode gastar e divida o orçamento por dia: ter um total que pode ser gasto com bebida, festas, transporte e outras despesas deixa o planejamento mais fácil.
- Se tiver com contas acumuladas, o cuidado precisa ser redobrado. Evite contrair novas dívidas no Carnaval. Se não pode viajar, nem mesmo para um local mais próximo, procure se divertir perto de casa, onde possa ir de ônibus ou a pé. Muitos bairros estão com programação de blocos e atrações gratuitas.

- Para quem sonha em fazer uma viagem mais longa no Carnaval, o ideal é se planejar com antecedência, fazendo uma reserva de dinheiro na Poupança para custear o tão sonhado passeio.

Fonte: Conselho Regional de Economia do Espírito Santo (Corecon-ES)

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.