Header Ads


LEIA APÓS O ANÚNCIO
Desde julho de 2014, quando foi anunciada a ordem de serviço para a pavimentação de 21 km da Rodovia Bernardino Monteiro (ES 080) que liga Santa Leopoldina a Santa Teresa,  moradores das “duas santas” não aguentam mais tanta poeira e descaso das autoridades competentes pelo asfalto.

Para chamar atenção do Governo do Estado há 90 dias a população de Santa Leopoldina não tem deixado a “patrol” (trator que faz o nivelamento/patrolamento da estrada) passar pela Rodovia, na parte leopoldinense. De acordo com o vice-presidente da Associação de Moradores da Comunidade do Chaves, Carlos David Toffano, conhecido como Carioca, essa atitude é para que o Estado faça o que foi firmado em 2014 e pavimente o local.

“Estamos saturados de conversas do Governo, do DER e das prefeituras dos dois municípios que falam, prometem, mas não cumprem nada. Temos uma grande produção de café e banana na região e está difícil escoar os produtos. Aqui também recebemos turistas de todo estado, mas não é mais possível conviver com esses buracos e essa poeira”, reclamou Carioca.

O produtor rural José Maria Pittol confirmou que está difícil trafegar por aquela estrada. “Com o caminhão carregado levo cerca de 40 minutos para descer daqui (Comunidade do Chaves) até o centro de Santa Leopoldina. De lá até a Ceasa faço em pouco mais de uma hora no asfalto. Realmente está difícil fazer nosso trabalho por aqui”, salientou.

O presidente da associação Fabio Ribeiro lembrou que, por conta dessa estrada “indefinida” o verão e o carnaval foram fracos este ano. “Há quase 1 mês o ônibus da Viação Lirio dos Vales não trafega aqui e ônibus de excursão, que vem todo ano, também não se arriscou. Poucas pessoas de carro se arriscaram a rodar nessa estrada. O resultado é que o carnaval foi muito fraco”, disse.

Por esses motivos a população decidiu fazer uma manifestação no dia 6 de março, em frente a prefeitura de Santa Leopoldina. A divulgação dessa manifestação já chamou a atenção do Departamento de Estradas e Rodagens (DER-ES) e o diretor Enio Bergoli vai se reunir com os moradores dos dois municípios na próxima segunda-feira (26), às 18 horas, para tentar solucionar a situação. De acordo com os moradores os prefeitos de Santa Teresa, Gilson Amaro, e de Santa Leopoldina, Vavá Coutinho, também irão.

“Essa é uma demanda antiga dos dois municípios e o Governo do Estado tem que dar prioridade a essa estrada, que foi a primeira Rodovia a ser construída no Espírito Santo. A pavimentação nesse local vai ajudar no desenvolvimento agrícola e turístico da região”, pontuou o vereador de Santa Teresa, Gregorio Venturim, que se prontificou a convidar os moradores da cidade para participarem da reunião.

Foi dada ordem mas nada de serviço:

A Rodovia Bernardino Monteiro (atual ES-080), foi a primeira Rodovia Estadual construída no Espírito Santo, em 11 de maio de 1919. Ela liga o Município de Santa Leopoldina à Santa Teresa.

No dia 18 de julho de 2014 foi dada ordem de serviço para a pavimentação dessa estrada e desde então os moradores ficaram na expectativa de uma via que ajudasse no desenvolvimento local. No entanto até hoje nada foi definido. Em dezembro de 2017 foi realizada uma manifestação em Santa Leopoldina e na ocasião o DER-ES informou que, devido ao momento econômico no Brasil, não havia previsão de pavimentação da ES 080. O Departamento disse ainda estar atento às demandas das comunidades e que está aberto ao diálogo.

Fonte: Jetibá Online 

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.