Leia após a publicidade

Depois de aproveitarem bastante o período de férias, os mais de 50 mil alunos da rede municipal de ensino de Vitória voltaram, nesta segunda-feira (5), às salas de aula para dar início ao ano letivo de 2018.
Na semana passada, os profissionais da Educação retomaram as atividades nas 103 unidades da rede, entre Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis), deixando tudo pronto para o acolhimento dos estudantes, preparando os espaços de aprendizagem e planejando a recepção das crianças e dos adolescentes.
Nesta segunda (5), o prefeito de Vitória, Luciano Rezende, e a secretária de Educação, Adriana Sperandio, juntamente com as subsecretárias, visitaram algumas unidades e saudaram as equipes e os alunos.
Logo no início da manhã, na Emef Eber Louzada Zippinotti, em Jardim da Penha, o prefeito destacou a alegria de estar na escola neste primeiro dia de aula do ano. "É uma alegria estar aqui fazendo essa visita, vendo todo o trabalho que está sendo feito na unidade. Por meio das escolas que vamos visitar hoje, estamos simbolicamente visitando toda a rede de ensino municipal", assinalou.
Luciano Rezende também agradeceu aos profissionais a parceria durante os últimos anos. "Os últimos anos foram um verdadeiro furacão, anos muito difíceis financeiramente. Agradeço por essa travessia e trago a boa notícia de que a perspectiva econômica melhorou, e a expectativa é de que tenhamos anos melhores pela frente. Tudo o que a Secretaria de Educação de Vitória (Seme) puder fazer pela rede, ela vai fazer".

Acolhimento

A secretária Adriana Sperandio lembrou a importância desse primeiro momento de acolhimento para que o ano letivo seja positivo para alunos e equipes. "A volta às aulas é tratada de forma muito especial por todos nós, profissionais da Educação. Isso porque a intensidade e a estratégia mais assertiva no acolhimento aos estudantes neste começo de ano letivo asseguram o estabelecimento de vínculos afetivos e da autoestima que farão toda a diferença para o processo ensino-aprendizagem".
A diretora da Eber Louzada Zippinotti, Giovana Aparecida Velame, ponderou: "Trabalhamos muito durante as férias para fazer algumas mudanças na escola e oferecer ainda mais qualidade aos alunos. Agradecemos muito por todo o apoio que recebemos da administração de Vitória, que nos atendeu prontamente no que solicitamos".


Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.