Leia após a publicidade

Dois irmãos foram mortos com mais de 20 tiros cada um na madrugada deste domingo (25), no Morro da Piedade, em Vitória, segundo a polícia. A motivação ainda é desconhecida. De acordo com dados da Polícia Militar, Ruan Reis, de 19 anos, e Damião Marcos Reis, de 22, não tinham antecedentes criminais. Ninguém foi preso ainda.

Testemunhas contaram à polícia que quatro homens entraram no quintal da casa dos dois irmãos e encontraram Ruan primeiro. Perguntaram onde estava o "patrão", mas o jovem disse que não sabia de quem se tratava.
Foto: Reprodução

Ainda segundo as testemunhas, os quatro homens imitavam o linguajar de policiais, mas não estavam fardados, vestiam preto e estavam encapuzados.

Eles chamaram Ruan para um interrogatório e o rapaz seguiu com eles, mas assim que o irmão Damião saiu da casa para tentar impedir que os homens levassem o mais novo, foi atingido por vários tiros. Ruan foi a segunda vítima.

A perícia da Polícia Civil encontrou 22 marcas de tiros no corpo de Ruan e 20 no de Damião, mas no local do crime foram recolhidas mais de 60 cápsulas.

A polícia informou ainda que um irmão mais velho dos dois está preso por tráfico de drogas. Os investigadores acreditam que Ruan e Damião podem ter sido mortos por engano ou por vingança, já que os dois não tinham antecedentes criminais.

A mãe dos jovens teve ser levada para o Pronto Atendimento porque passou mal. Além de muito abalada, a família está com medo e não quis falar sobre o que aconteceu. O filho de Damião completa um ano de idade neste domingo.Não houve velório para os irmãos, apenas enterro no cemitério de Maruípe, em Vitória, que aconteceu às 10h desta segunda-feira (26).  

NOTA DE PESAR
“Eu vim para que todos tenham vida” disse Jesus e queremos nós também que todos tenham vida. É com dor que sabemos da triste notícia da execuçaõ dos Jovens Damião Reis e seu irmão Ruan Reis, ocorrido na madrugada deste domingo (25/03). Damião fez parte da Pastoral da Juventude da Paróquia Nossa Senhora da Vitória - Catedral.
Nós da Pastoral da Juventude de Santa Leopoldina queremos com a Pascoa dos jovens Damião e Ruan reafirmar nosso compromisso com a vida da Juventude, gritando a todos os cantos que “A Juventude Quer Viver” e não podemos aceitar qualquer tipo de violência contra a vida e à dignidade da Juventude. Por isso vamos juntos girar o mundo “Chega de Violência e Extermínio de Jovem”. De toda Pastoral Paroquial da Juventude de Santa Leopoldina nossos sentimentos aos familiares e amigos dos irmãos Damião e Ruan .
A morte de Damião e Ruan escancara a brutalidade da violência que tem cor, classe social e endereço em nosso País e atualiza em nós a urgência de seguir na luta e defesa da vida.
Afirmamos que a nossa luta seguirá pautada na construção e defesa ferrenha de mais Políticas Públicas para a Juventude e na desconstrução desse modelo de segurança repressivo a que somos submetidos. Não acreditamos que o aumento da violência e a diminuição dos direitos do povo nos aproxime do que acreditamos ser a Civilização do Amor.
Vidas negras, jovens e periféricas importam!
#ChegadeViolênciaEextermíniodeJovens!
Que o consolo de Jesus Cristo Libertador acolha a todos/as e a certeza da ressurreição nos anime a lutar e acreditar na vida.
Santa Leopoldina, ES , 25 de Março de 2018

Com informações de G1.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.