Leia após a publicidade

As buscas pela médica Jaqueline da Penha Colodetti continuam em várias regiões do Estado. A cardiologista desapareceu na última terça-feira (3), quando voltava de Domingos Martins, região serrana do Estado, para Campo Grande, em Cariacica.
Segundo a irmã de Jaqueline, Vera Lúcia, a família recebeu informações de que ela foi vista pegando carona na última quinta-feira (5), em um trecho da BR-262.
"Ontem uma pessoa viu ela pegando como se fosse uma carona, ela pedindo ou alguém oferecendo mesmo. Todos os carreteiros, caminhoneiros, postos de combustíveis e bares que ficam na beira da estrada já foram avisados e agora nós precisamos divulgar isso nacionalmente", contou. 
Na quarta-feira (4), um dia após o desaparecimento, equipes do Corpo de Bombeiros realizaram buscas por mergulho no Rio Jucu, em Viana. As buscas, que contaram com auxílio de um cão e seu guia, de Marechal Floriano, seguiram até às 18h, na região de Biriricas.
Na última quinta (5), as buscas foram retomadas durante a manhã e seguem também nesta sexta-feira (6). Segundo a Polícia Civil, o caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Pessoas Desaparecidas. Ainda de acordo com a Polícia Civil, outras informações não serão passadas para não atrapalhar a apuração do fato.
Denúncias que colaborem com o trabalho da polícia podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia 181, o sigilo e anonimato são garantidos.
O desaparecimento:Jaqueline desapareceu quando voltava de Domingos Martins, região serrana do Estado, para Campo Grande, em Cariacica, onde mora e tem uma clínica médica.
Segundo a família da cardiologista, o caseiro de um sítio contou que viu a médica dentro do carro dela próximo a ponte do Rio Jucu. O veículo foi encontrado com todos os pertences. Apesar de não ter nenhum problema de saúde, a família acredita que Jaqueline possa ter tido um 'apagão'.
Informações:Jaqueline é loira, tem os olhos claros e estava vestida com uma calça jeans clara e uma blusa vermelha. Quem viu a médica ou tem informações sobre o paradeiro dela, pode entrar em contato com a família pelo telefone (27) 9 9946-4528.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.