Detidos pela Operação Skala, os nove presos amigos de Temer deixaram a superintendência da Polícia Federal em São Paulo por volta das 23h50 deste sábado (31). 

O então amigo de décadas do presidente, José Yunes foi é quem intercedeu pelo grupo. Da PF saíram juntos, cada qual com seu advogado, e caminharam direto a carros estacionados na rua.

As prisões da Operação Skala eram temporárias e expirariam na próxima segunda-feira (2). 

A decisão do STF foi rápida e partiu do ministro Luís Barroso, que expediu os alvarás de soltura.

O amigo e ex-assessor de Temer José Yunes deixa a carceragem da PF em São Paulo

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.