Leia após a publicidade


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deixou o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo, neste sábado para se entregar à Polícia Federal. Ele saiu do local a pé e cercada por militantes por volta das 18h41 e entrou em um carro da polícia, que aguardava do lado de fora. Mais cedo, o ex-presidente tentou deixar o sindicato em um veículo com o seu advogado, Cristiano Zanin, mas foi impedido por militantes que bloquearam a saída para impedir sua prisão.

O petista tinha uma ordem de prisão contra ele expedida pelo juiz Sergio Moro desde quinta-feira. O magistrado deu a opção para Lula se apresentar às autoridades até as 17h de sexta, mas Lula continuou no sindicato até este sábado, quando afirmou pela manhã que “cumpriria o mandado”

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.