Leia após a publicidade

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não é considerado foragido da Justiça por não se entregar para a Polícia Federal até as 17h. O prazo para que ele se entregasse voluntariamente até este horário foi estipulado pelo juiz Sergio Moro, que ordenou ontem a prisão do petista.

Mas o ex-presidente não se entregou e permanece na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

De acordo com a assessoria do juiz Sergio Moro, o fato dele não ter se entregado significa apenas que Lula não aceitou a “oportunidade” de se apresentar voluntariamente.

O entendimento do juiz é que cabe agora à Polícia Federal estudar a melhor forma de dar cumprimento ao mandado de prisão.

O ex-presidente manifestou desde cedo que não se apresentaria em Curitiba. Para advogados criminalistas, Lula não perde o direito a cumprir a pena em sala reservada só porque descumpriu o prazo de entrega. “A sala reserva foi oferecida pela dignidade do cargo que ele ocupou e isso não se alterou”, diz o professor Marco Aurélio Florêncio, especialista em Direito Penal da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Fonte: Veja

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.