Leia após a publicidade

Mais um município da Região do Caparaó vai somar esforços pela melhoria da qualidade da educação básica. Dores do Rio Preto é o 63° município a assinar o termo de adesão ao Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes). A solenidade foi realizada na tarde desta terça-feira (08). Juntos, Estado e municípios vão propor ações para melhoria dos indicadores educacionais, envolvendo domínio de competências como leitura, escrita e cálculo adequado à idade e ao nível de escolarização.

Segundo o coordenador estadual do Paes, Eduardo Malini, pelo desejo do prefeito e da secretária de educação, Dores do Rio Preto teria sido o primeiro município a assinar o Pacto pela Aprendizagem, mas por questões de agenda da Sedu teve que ser adiado.

“Hoje estamos aqui com muita alegria, engajados para construir um novo rumo na história da educação capixaba. Não há que se pensar uma educação pública de forma fragmentada. O mesmo estudante que está hoje no ensino fundamental de uma escola municipal, lá na frente estará em uma escola de ensino médio da rede estadual. Em um esforço conjunto, de trabalho em equipe, vamos desenvolver as ações para otimizar o trabalho das redes de educação, potencializar os resultados e avançar na melhoria da aprendizagem de todos os estudantes”, afirmou Eduardo Malini.

“A primeira reunião que tivemos para falar sobre o Pacto veio para realizar tudo o que a gente desejava: que todos os estudantes recebam o mesmo nível de aprendizado e os professores formação e boas condições para lecionar. Quero agradecer a parceria e a atenção da Sedu com os municípios. Queremos o melhor para nosso município e vamos conseguir”, disse a secretária municipal de Educação, Roseane Azevedo.

“Ao conversar com o Governo do Estado e conhecer o material, ficamos encantados com o Pacto pela Aprendizagem. É um grande sonho para a comunidade de Dores do Rio Preto. Recebemos os materiais pedagógicos e nossos professores já estão utilizando com muita dedicação juntos às nossas crianças. Agora, com a assinatura do termo de adesão,  estamos habilitados a ser contemplados com a verba do programa e outros investimentos”, ressaltou o prefeito Cleudenir José de Carvalho Neto, o Ninho.

Pacto pela Aprendizagem no ES

A melhoria dos indicadores educacionais dos estudantes da educação básica no Espírito Santo, envolvendo domínio de competências como leitura, escrita e cálculo adequado à idade e ao nível de escolarização, é o principal objetivo do Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes).

A proposta do Paes é implantar ações envolvendo a união de esforços entre o Governo do Estado, as prefeituras, a sociedade civil e a iniciativa privada, com ações focadas nas salas de aula, que resultem em avanços significativos de aprendizagem dos estudantes do Ensino Fundamental.

As principais metas do Pacto são que 100% dos municípios façam a adesão até o final de 2018 e que as metas do Plano Estadual de Educação também sejam alcançadas.

Liberação de recursos financeiros

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Sedu), anunciou, no dia 25 de abril, a liberação de recursos financeiros para os 10 primeiros municípios aptos a receberem investimentos, por meio do Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes), para ampliação e melhoria da oferta de educação infantil. Serão mais de R$ 11 milhões, para abertura de 1.100 novas vagas, em 12 creches.

O anúncio foi feito pelo governador Paulo Hartung, no Palácio Anchieta, em um evento que contou com a presença de prefeitos e secretários municipais de Educação dos municípios contemplados. Os 10 primeiros que receberão os recursos são: Água Doce do Norte, Afonso Cláudio, Anchieta, Cariacica, Domingos Martins, Guaçuí, Montanha, São Mateus, São Roque do Canaã e Vila Valério.

Os municípios foram selecionados após o Comitê de Acompanhamento e Avaliação analisar as solicitações e documentações apresentadas nas inscrições do chamamento público aberto aos que já fizeram adesão ao Paes. No total, foram 57 municípios inscritos e, inicialmente, 10 serão beneficiados com os recursos. Em 2018, o valor total disponível para repasse será de R$ 50 milhões, de recursos próprios do Governo.

Municípios que fizeram adesão o Paes

Atualmente, 63 municípios já fizeram adesão ao Paes e poderão contar com os recursos do Fundo Estadual de Apoio à Ampliação e Melhoria das Condições de Oferta da Educação Infantil no Espírito Santo.

Os 63 municípios são: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Aracruz, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Colatina, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Fundão, Governador Lindenberg, Guaçuí, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Muniz Freire, Muqui, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Piúma, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Vila Pavão e Vila Valério.

Até o momento, os 12 municípios que demonstraram interesse em fazer parte desse grande movimento pela educação são: Apiacá, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Brejetuba, Ecoporanga, Guarapari, Marataízes, Pinheiros, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Serra e Vila Velha.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.