Leia após a publicidade

Sindicato está levantando, entre os associados, os produtos com potencial de comercialização com os Estados Unidos

A missão técnica internacional, coordenada pelo Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado do Espírito Santo (Sindiplast-ES), voltou dos Estados Unidos otimista quanto a possíveis oportunidades de negócios com o país norte-americano. O grupo de nove empresários participou, neste mês de maio, da NPE2018: The Plastics Show – uma das maiores feiras de comércio mundial de plásticos e borrachas, realizada em Orlando, na Flórida, e aproveitou a ocasião para fazer uma série de reuniões estratégicas e obter informações sobre o mercado local, avaliando o potencial de negócios na região.

Entre os encontros ocorridos, destacam-se reuniões com o Consulado-Geral do Brasil em Miami, com a participação de integrantes da Central Florida Brazilian-American Chamber of Commerce e do Setor de Promoções Comerciais do Consulado Brasileiro em Miami (Secom). De acordo com o superintendente do Sindiplast-ES, Agostinho Miranda, o Consulado-Geral do Brasil em Miami garantiu apoio integral aos empresários capixabas, por meio do Secom, para questões aduaneiras, de infraestrutura, de dados e network.

O órgão forneceu ainda informações gerais sobre o mercado e se dispôs a repassar ao Sindiplast-ES a listagem dos principais importadores demandantes do setor na Flórida, assim como os exportadores do Brasil. O Consulado-Geral também oferecerá o serviço de Inteligência Comercial, que apoia diretamente o empresariado no atendimento a consultas comerciais e na elaboração de publicações sobre temas de comércio exterior, com o objetivo de identificar e criar oportunidades de negócio em outros países.

“O Secom possui profissionais especializados na área de Exportação e Importação para assessorar na pesquisa de possíveis clientes e processos para inserir produtos no mercado internacional. Os conselheiros Rodrigo Fonseca e Paulo Paiani explicaram sobre os diferentes incentivos que o mercado americano está iniciando com o mercado brasileiro, em virtude de mudanças da política externa dos Estados Unidos em relação a outros países, como a China”, destaca o superintendente do Sindiplast-ES.

Ele reforçou que o Consulado-Geral está disponível para assessorar o empresário brasileiro que quiser exportar para os Estados Unidos e outros países. “Como desdobramento da missão internacional, já estamos levantando com nossos associados os produtos com potencial de comercialização com os Estados Unidos. A exportação é com certeza uma ótima opção para o empresário capixaba crescer e diversificar a sua produção”, acrescenta Agostinho Miranda.


Durante o período que esteve nos Estados Unidos, a missão técnica de empresários capixabas ainda realizou reuniões especiais com empresas como Carnevalli, Konark, RRP, Leader Extrusion Machinery e Kiefel do Brasil, além do presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast), José Ricardo Roriz.

Os empresários ainda conheceram o mercado local e analisaram as demandas do varejo, com visitas às lojas da Party City, Publix, Walmart e Home Depot. Além do superintendente do Sindiplast-ES, Agostinho Miranda, participaram da missão internacional os empresários Neviton Gasparini, Juscelino Oliveira, Fernando Pires, Juliana Prado, Ronaldo Esteves, Robson Reggianne, Pércio Lima e Bruno Fernandes.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.