Header Ads


LEIA APÓS O ANÚNCIO

A equipe da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Vitória, sob a responsabilidade do delegado Marcus Vinícius de Souza, prendeu, nesta segunda-feira (21), K.S.R., de 18 anos. Ele é suspeito de ter envolvimento no assassinato de Adsuel do Carmo da Silva, de 20 anos, e de Lucas Rodrigues Casagrande, de 27 anos. Ele também é suspeito da tentativa de homicídio de outras quatro pessoas. Além dele também foi detido um adolescente de 15 anos. Durante a operação foram apreendidas drogas e dois revólveres.
A operação contou com apoio das Delegacias de Crimes Contra a Vida de Vila Velha, Serra, Cariacica, Guarapari e Viana, além da Delegacia de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), da Força Tarefa do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Delegacia de Pessoas Desaparecidas,do Departamento Especializado de Investigações Criminais, do Departamento Especializado de Narcóticos (Denarc) e do Grupo de Operações Táticas (Got).
Segundo Marcus Vinicius de Souza, as prisões ocorreram durante uma operação de cumprimento de mandados no bairro Ilha de Santa Maria, em Vitória. “Nós fomos até o bairro cumprir 13 mandados de busca e apreensão e seis de prisão em desfavor de suspeitos de terem envolvimento com o tráfico de drogas. Porém, obtivemos sucesso em apenas um deles. Na residência do detido nós encontramos 115 buchas maconha, 11 pinos de cocaína, 31 munições calibre .32 e uma balança de precisão. Ele confessou envolvimento no assassinato do Lucas, mas negou os outros crimes”, contou.
O delegado também contou que durante a operação foi apreendido um adolescente de 15 anos. Na casa dele foi descoberto um revólver calibre .38, seis buchas de maconha, seis pinos de cocaína e quatro pedras de crack.
K.S.R. foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV). Estão foragidos G.D.S., de 25 anos, L.R.M., de 23 anos, E.R.S., de 21 anos, T.O.B., de 21 anos e R.B.A., de 23 anos.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.