Leia após a publicidade


Em um mercado cada vez mais protecionista, Abracomex laça nova turma de negociação no Comércio Exterior


No último mês, as discussões entorno da Guerra Comercial entre os Estados Unidos e a China levantaram o debate sobre a importância das estratégias na hora de negociações internacionais. Saber se planejar, adaptar-se aos movimentos do comércio exterior e ter conhecimento de todo o processo das rotinas operacionais se tornaram habilidades indispensáveis para se trabalhar com negociação no Comércio Exterior.

Trabalhar como Trader Internacional é a vontade de muita gente. Por isso, a Abracomex, Associação Brasileira de Comércio Exterior, lança uma nova turma do curso na próxima quinta, 19, com uma aula inaugural gratuita, às 12h, com o foco em negociações e análise mercado internacional. “O curso irá formar profissionais qualificados para representar empresas e países em negociações do Comércio Exterior”, explica Ricardo Verrengia, coordenador do curso.

Com mais de 15 anos à frente de negociações internacionais, Verrengia acredita que o profissional desta área não deve apenas se concentrar nas habilidades comerciais, mas também ser um estudioso de línguas, ter curiosidade pelos movimentos mundiais e ser multicultural. “Um dos principais desafios está em acompanhar a abertura do mercado brasileiro à concorrência internacional e pensar em iniciativas para a inserção do país no processo de integração econômica mundial”, pontua o especialista. “Por isso, ter uma formação sólida e participar de feiras e congressos ajudam a ter a mente aberta para as adversidades que encontrar, seja cultural, organizacional ou negocial”, explica.

Trabalhar com diferentes países exige flexibilidade, isso porque a literatura da área apresenta diversos estilos de negociação mediante a situação em que o negociador se encontra. “As formas de negociação estão diretamente ligadas à cultura de cada país, por isso, antes de qualquer investida no mercado internacional é sempre recomendável que se estude os países que estarão presentes”, lembra o especialista. “E é exatamente neste ponto que o curso de trader da Abracomex se diferencia, por levar em consideração a diversidade multicultural de um mundo globalizado”, conclui.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.