Header Ads





Leia após a publicidade

O centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e de Vigilância Ambiental da prefeitura de Aracruz tem recebido com frequência demandas e ocorrências de escorpiões amarelos dentro das dependências da prefeitura. Trata-se de uma espécie pertencente à fauna do Espírito Santo, e como forma de reduzir os riscos e acidentes tanto na prefeitura quanto nas residências, a Secretaria de Saúde passa orientações que devem ser seguidas nas áreas internas e externas do ambiente de trabalho e das casas.
O escorpião amarelo é uma espécie pertencente à fauna do Espírito Santo. Em caso de acidentes a pessoa deve procurar orientação médica imediata. Foto: Divulgação.
Nas áreas externas dos imóveis – Ambiente de trabalho ou residência:
1.  Manter limpos quintais e jardins, não acumular folhas secas e lixo domiciliar;
2.  Acondicionar lixo domiciliar em sacos plásticos ou outros recipientes apropriados e fechados, e entregá-los para o serviço de coleta. Não jogar ou acumular lixo em terrenos baldios;
3.  Limpar terrenos baldios situados a cerca de dois metros (aceiro) das redondezas dos imóveis;
4. Eliminar fontes de alimento para os escorpiões: baratas, aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados;
5. Evitar a formação de ambientes favoráveis ao abrigo de escorpiões, como obras de construção civil e terraplenagens que possam deixar entulho, superfícies sem revestimento, umidade etc;
6. Remover periodicamente materiais de construção e lenha armazenados, evitando o acúmulo exagerado;
7. Preservar os inimigos naturais dos escorpiões, especialmente aves de hábitos noturnos (corujas, joão-bobo, etc.), pequenos macacos, quati, lagartos, sapos e gansos (galinhas não são eficazes agentes controladores de escorpiões);
8. Evitar queimadas em terrenos baldios, pois desalojam os escorpiões;
9. Remover folhagens, arbustos e trepadeiras junto às paredes externas e muros;
10. Manter fossas sépticas bem vedadas, para evitar a passagem de baratas e escorpiões;
11. Rebocar paredes externas e muros para que não apresentem vãos ou frestas.
Nas áreas internas dos imóveis – Ambiente de trabalho ou residência:
1. Evite acumular lixo, sujidades e restos de alimentos, pois pode atrair insetos e seus predadores, como os escorpiões;
2. Não guarde ou acumule objetos embaixo das mesas, cantos de parede, diretamente no chão, em estantes abertas ou fora dos locais apropriados (armários fechados);
3. Manuseie com cuidado caixas e materiais acumulados, fazendo inspeção visual antes da manipulação;
4. Rebocar paredes para que não apresentem vãos ou frestas;
5. Vedar soleiras de portas com rolos de areia ou rodos de borracha;
6. Reparar rodapés soltos e colocar telas nas janelas;
7. Telar as aberturas dos ralos, pias ou tanques;
8. Telar aberturas de ventilação de porões e manter assoalhos calafetados;
9. Manter todos os pontos de energia e telefone devidamente vedados.
Em caso de acidente com escorpiões:
1. Limpar o local com água e sabão;
2. Procurar orientação médica imediata e mais próxima do local da ocorrência do acidente (UBS, posto de saúde, hospital de referência).
3. Se for possível, capturar o animal e levá-lo ao serviço de saúde pois a identificação do escorpião causador do acidente pode auxiliar o diagnóstico
4. Leve o acidentado IMEDIATAMENTE ao Hospital.

Com informações de Ascom PMA.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.