Header Ads





Leia após a publicidade

“Insistir em uma atividade que não traz satisfação prejudica a saúde do funcionário e a produtividade da empresa cai" 
Atividades que não trazem satisfação,além de comprometer o desempenho na empresa podem,
também interferir na saúde do funcionário. Foto: Divulgação.
Se você está cansado do seu trabalho, acredita que não tem mais chance de crescimento e sai de casa na segunda-feira sem vontade de começar a semana, saiba que os seus dias nessa função podem estar se esgotando. Em geral, os funcionários de uma empresa compartilham o medo de serem demitidos. No entanto, esse pedido pode partir do próprio profissional.

Mas por ser incomum, quando isso acontece, é sinal de que algo não está funcionando como deveria no espaço de trabalho. Nesses casos, o setor de recursos humanos precisa ficar atento. Afinal, além do desejo de empreender e do surgimento de uma nova e melhor proposta, existem motivos que, na maioria das vezes, são decorrentes de um ambiente frágil emocionalmente e da falta de estrutura do estabelecimento em questão. Isso é o que explica a coach de carreira Gilian Follador.

Experiente em programas de desenvolvimento individual e de equipes, ela lista as principais razões para esse impasse. “Gestão sem planejamento, falta de reconhecimento, falta de relacionamento interpessoal saudável entre líder, liderados e pares, cultura organizacional baseada no medo, falta de confiança nos líderes, estagnação profissional e insatisfação com o salário são algumas das razões que levam, eu diria até que ‘forçam’, um funcionário a tomar a decisão de pedir demissão”, explica.
Segundo a coach é muito importante avaliar com calma, o que de fato
pode estar atrapalhando o bom desempenho no trabalho. Foto: Divulgação. 
Se você está passando por alguma situação desafiadora no seu ambiente de trabalho, ela ressalta que pedir demissão não pode ser visto como a primeira opção. Primeiro, é importante refletir com calma e analisar o que de fato está atrapalhando o bom desempenho profissional. “Acredito que se somos parte de um problema, também somos parte da solução. Então, o que pode ser feito a partir de hoje para ajudar na solução desse problema? ”, questiona.

Agora, de acordo com ela, se você acredita realmente que não tem mais solução e que ultrapassou seus limites, saiba que essa é a hora de buscar outros horizontes. “Geralmente, uma pessoa consegue lidar com um ambiente prejudicial de trabalho por um período máximo de dois anos, sem adoecer. Pense nisso”, conclui.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.