Leia após a publicidade

Segundo uma pesquisa da CNI, as vendas externas da indústria ficaram estáveis em 15,7% durante um ano
 

No acumulado do último ano as exportações se mostraram de suma importância para a indústria brasileira. Segundo uma pesquisa sobre os Coeficientes de Abertura Comercial da Confederação Nacional da Indústria (CNI), as vendas externas do setor ficaram estáveis em 15,7%, o que indica que a indústria manteve um percentual de exportação significativo no mercado brasileiro.

Durante o ano de 2018 as exportações brasileiras foram estimuladas devido a desvalorização do real frente ao dólar. Nesse sentido, a economista da CNI Samantha Cunha prevê mudanças para os próximos meses: “Até o final do ano, esperamos um aumento da competitividade das exportações brasileiras em razão da desvalorização do real que estamos observando desde o final de janeiro de 2018”, explica.

Com o momento favorável para as exportações, as pesquisas atuam como ferramenta de planejamento imprescindível para a abertura de novos negócios. Para Gilberto Campião, Professor da Associação Brasileira de Assessoria e Consultoria em Comércio Exterior, Abracomex, com mais de 25 anos de experiência no mercado internacional, as pesquisas são de suma importância para o planejamento do investimento no comércio internacional. 
“O empreendedor de sucesso, além do senso de oportunidade
e iniciativa de colocar a ideia na prática, precisa planejar muito”, afirma.
O especialista acredita que é essencial criar metas, fazer pesquisa e antecipar situações e cenários. “A partir das pesquisas e planejamentos surgirão guias para as ações necessárias de abertura, manutenção e crescimento do negócio”, explica Campião.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.