Leia após a publicidade

A abertura da ponte acontece um mês depois da inauguração do trem de alta velocidade que, pela primeira vez, conecta Hong Kong com a rede ferroviária chinesa.
Obra tem 55 km de extensão e engloba trechos de estrada, três pontes, ilhas artificiais e um túnel subaquático.
(Foto: Reprodução)

O presidente da China, Xi Jinping, inaugurou nesta terça-feira a ponte Hong Kong-Zhuhai-Macao, um projeto que sofreu com anos de atraso e altos custos e que representa mais um passo para integrar as regiões de Hong Kong e Macau com a China continental.
Xi comandou a cerimônia de inauguração ao lado dos principais líderes das três cidades que serão conectadas pela ponte de 55 km, considerada o maior viaduto do mundo em mar aberto.
A infraestrutura, com um custo estimado de mais de US$ 15 bilhões e que devia ser inaugurada em 2016, servirá para garantir o plano da China de transformar o Delta do Rio das Pérolas em um centro tecnológico e industrial importante para o país.

EFE/Aleksandar Plavevski
“Ela proporcionará aos moradores destes lugares uma maior troca econômica e comercial, além de melhorar a competitividade do Delta do Rio das Pérolas”, disse o vice-primeiro-ministro chinês Han Zheng, na cerimônia de inauguração realizada na cidade de Zhuhai.
Algumas intenções que foram assinadas pelos primeiros-ministros de Macau e Hong Kong, que destacaram que a ponte servirá para fortalecer ainda mais a integração das três cidades.

EFE/Aleksandar Plavevski
Fogos de artifício encerraram a cerimônia que antecedeu o início do funcionamento de uma complexa obra de infraestrutura que começou em 2009 e que facilitará a conexão entre estas cidades em um tempo estimado de 40 minutos, através de uma série de pontes e túneis.
A abertura da ponte acontece um mês depois da inauguração, em Hong Kong, do trem de alta velocidade que, pela primeira vez, conecta a ex-colônia britânica com a rede ferroviária chinesa.

EFE/ Alex Hofford

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.