Leia após a publicidade

Com informação de Vando de Souza - Correspondente em Aracruz.

O Ministério Público do Espírito Santo condenou na última quinta-feira (25), uma funcionária pública do Município de Aracruz, no Norte do ES. Rosa Nossa Frigini cometeu o crime de estelionato.

De acordo com o MPES, tendo em vista o depoimento das vítimas e testemunhas, bem como o fato da acusada, além da presente ação penal, responder a outro processo por estelionato, em relação ao qual foi condenada em primeira instância recentemente, além do fato de ter sido denunciada recentemente em nova ação penal, no qual lhe foi imputado um crime recente nas dependências da Prefeitura Municipal de Aracruz, fatos que revelam a necessidade de prisão preventiva. 

O MPES também informou que Rosa Frigini fica suspensa da função pública, bem como foi proibida de exercer qualquer função pública a partir da data da condenação.

Ainda, segundo MPES Rosa Frigini foi condenada a usar tornozeleira eletrônica, com prazo de até dez dias para ser colocada, ficando assim, proibida de sair do município de Aracruz.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.