Leia após a publicidade

Gabriela Sabatini, a melhor tenista argentina da história, passou a integrar nesta quinta-feira a Associação Argentina de Tênis (AAT) e fará parte das comissões da Copa Davis e da Fed Cup, informou entidade.

"É um grande prazer me juntar a esta comissão integrada por uma equipe de pessoas que admiro não apenas como atletas, mas pelas quais também sinto um enorme carinho. Somos unidos pelo amor ao tênis. É uma forma de poder agradecer a este esporte o tanto que consegui", comentou Sabatini através de um comunicado.

O texto afirma que a ex-tenista "colocará toda a sua experiência à disposição do tênis argentino em geral e do desenvolvimento da categoria feminina em particular".

O presidente da organização, o ex-tenista Agustín Calleri, disse que é uma "honra" contar com Sabatini na equipe de trabalho.

"Sempre tivemos a intenção de contar com ela, que já tinha manifestado vontade de ajudar. Nós nos reencontramos nos Jogos Olímpicos da Juventude e a vi com uma força impressionante. Seguimos na linha de contar com protagonistas da rica história do nosso esporte para desenvolvê-lo, então esperamos um 2019 repleto de desafios", expressou Calleri.

Sabatini, de 48 anos, foi número 3 do mundo em 1989, campeã do US Open de 1990 e medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988. Também ganhou Wimbledon nas duplas, em 1988, junto à alemã Steffi Graf. Em 2006, foi entrou para o Hall da Fama do tênis internacional.

A ex-tenista trabalhará com as equipes argentinas da Copa Davis e da Fed Cup "de forma coordenada" com Calleri, Mariano Zabaleta, Gastón Gaudio, José Acasuso e Florença Labat.

Sabatini marcou presença nos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires, em outubro deste ano, acompanhando os jovens tenistas argentinos durante o evento.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.