Leia após a publicidade

No encontro realizado pela Conab, o parlamentar capixaba vai tratar sobre estratégias para diminuir a perda de grãos no período pós-colheita
O parlamentar é um dos autores do livro “Perdas e Desperdícios de Alimentos: Estratégias de Redução”,
que será lançado no dia 12 de dezembro.
As políticas públicas e ações voltadas à redução de perdas de grãos nas atividades agrícolas serão discutidas, em Brasília, no Seminário Internacional sobre Perdas na Armazenagem e Transporte de Grãos, realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), nos dias 28 e 29 de novembro. Vice-presidente da Comissão de Agricultura da Câmara, o deputado federal Evair de Melo (PP-ES) será um dos palestrantes do evento. Na quinta-feira, dia 29, às 14 horas, o parlamentar capixaba vai falar sobre estratégias para a redução de desperdício de grãos.

Evair foi convidado pela Conab por seu trabalho no Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Câmara (Cedes), que resultará no lançamento do livro “Perdas e Desperdícios de Alimentos: Estratégias de Redução”, no dia 12 de dezembro. O parlamentar é um dos autores da publicação, na qual serão apresentados números aprofundados do prejuízo que o desperdício causa ao país.

Coordenador da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Evair reitera a importância do debate, visto que existem culturas agrícolas as quais o desperdício é acentuado. “Temos algumas culturas, como frutas e folhosas, que podem chegar a 60% de desperdício no pós-colheita e isso é assustador. Os consumidores ficam sem acesso a esse alimento, o custo para quem esse alimento chega aumenta e fica também o prejuízo para os agricultores, principalmente os familiares, que têm na agricultura a sua fonte de renda, às vezes a única”.


Desenvolvimento Sustentável


A redução do desperdício de grãos e alimentos faz parte das ações da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, que estabeleceu 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, como a erradicação da pobreza, fome zero e agricultura sustentável, saúde e bem-estar, assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis, entre outros. Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), cerca de 1,3 bilhão de toneladas de comida é descartada em todo o mundo e, no Brasil, aproximadamente 30% da produção de alimentos é desperdiçada na fase pós-colheita.


Uma das metas Agenda 2030 é “reduzir pela metade o desperdício de alimentos per capita mundial, nos níveis de varejo e do consumidor, e reduzir as perdas de alimentos ao longo das cadeias de produção e abastecimento, incluindo as perdas pós-colheita”.


No último dia 22, a FAO e a Federação Latino-Americana de Mercados de Abastecimento (FLAMA) firmaram um acordo durante a Semana da Alimentação e Agricultura, em Buenos Aires, para enfrentar o desperdício de alimentos. As duas entidades colaboram para incluir a agricultura familiar nos programas de compra pública com o objetivo de garantir empregos e renda aos produtores rurais, alimentação de origem sustentável e com preços justos e melhoria da qualidade de vida dos consumidores.


Serviço
Palestra “Perdas de grãos: estratégias para a redução”, com o deputado federal Evair de Melo.
Data: 29 de novembro
Horário: 14h
Local: Auditório da Conab Matriz – Brasília – DF
Evento: Seminário Internacional sobre Perdas na Armazenagem e Transporte de Grãos


Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.