Leia após a publicidade


O volante Pablo Pérez, capitão do Boca Juniors, afirmou nesta terça-feira que as reações pelo resultado da final da Taça Libertadores, com o River Plate, serão muito maiores do que qualquer outra decisão, devido a rivalidade entre as equipes.

"Nos cabe estar aqui e o fizemos com um esforço enorme, tanto o River, como nós. Se estamos aqui, é porque merecemos estar. O rival é clássico, se você perde, dói em dobro, mas, se você vence, comemorará em dobro também", disse o jogador, em entrevista coletiva.

Para o volante argentino, o título será definido nos detalhes, em partidas que acontecerão nos dias 10 e 24 deste mês. A ida será no estádio La Bombonera, casa do Boca; e a volta no Estádio Monumental de Núñez, de propriedade do River.

"Somos times semelhantes. São dois elencos que têm jogadores de caráter, que funcionam bem como time. Está muito parelho", analisou o camisa 8.

Pérez ainda falou sobre a postura que o Boca Juniors precisará apresentar no jogo em que atuará em casa, buscando agredir o adversário, dando troco da derrota por 2 a 0, sofrida na Bombonera, pelo Campeonato Argentino, há pouco mais de um mês.

"Vamos fazer tudo o que for possível para ganhar. Se pudermos fazer um ou dois gols, melhor. Sempre é preciso tentar manter o placar do adversário em zero. Se pudermos liquidar na casa do Boca, melhor", disse o volante.


Por AGÊNCIA EFE.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.