Leia após a publicidade

Há quem pense que o dia-a-dia do trabalho de um modelo seja fácil, e que a travessia da ponte que liga o início até as passarelas seja simples, porém se enganam.

O mercado artístico cresce cada dia mais e o Brasil é um dos grandes pontos onde a concentração desse meio acontece. Muitas vezes o início pode ser fácil, mas se manter pode ser complicado e exigir grandes requisitos dos profissionais. Exemplos de sucesso nesse caso são Pamela Amaral, Lucas Menezes e Julia Cortes, campeões do concurso de Miss e Mister Brasil 2018, e que investem cada vez mais na profissão.

Conheça um pouco mais de suas trajetórias e suas visões sobre os bastidores dessa profissão.

Como foi o início da vida de vocês como modelos?

No começo foi tudo muito estranho, eu me sentia estranha por não saber desfilar, mas com o tempo eu fui aprendendo e me sentindo melhor. Pamela Amaral.
Lucas: Eu comecei a minha carreira de modelo em 2016, quando fui para uma seleção do Just In Time Model, que é o descobridor da Gisele Bündchen, fui chamado em rede social para participar desse evento, e lá fui selecionado por uma agência de São Paulo para fazer parte do elenco deles. Esse ano eu fui chamado pela Becs, para iniciar o curso de modelo. Sobre a questão de redes sociais, é sempre bom dá uma analisada para ver se a proposta é segura, por que sempre tem caso de perigo, pois é muito comum hoje em dia, as pessoas usarem a rede social para sequestros e essas coisas.

Julia (mãe): Ela começou esse ano de 2018, a gente sempre éramos aconselhados a procurar uma agência, a gente veio aqui na Becs com a Roze nos recebendo, ai fizeram o teste e preparam ela.

Em relação a questão estética, como é a rotina de cuidados que costumam ter?
Pela idade dela, sempre o fundamental assim…evito muita exposição ao sol, procuro sempre estar com o cabelo dela hidratado, entre outras questões. Júlia Cortes.
Pamela: Eu tenho o maior cuidado possível com o meu corpo e com o meu rosto pois trabalho com eles. Sempre que tenho espinhas, passo pomada para que elas sequem. Em relação ao meu corpo, sempre deixo de comer certas coisas para não engordar, como coisas saudáveis para me ajudar e em breve eu vou começar a malhar.

Lucas: Com certeza tem que ter muito desempenho. Eu faço academia, me mantenho em forma, cuido muito da alimentação também que é muito importante. Com isso tudo também vem junto a pele e a saúde, pois, não só a aparência física, como a saúde é muito importante.

Falem um pouco sobre a preparação e qual experiência que o concurso de Miss/Mister Brasil proporcionou para suas carreiras?

A preparação para o concurso foi bem curta, porque quando entrei na Becs, o concurso já estava em cima da hora, e eu fui chamado em cima da hora também, tive algumas aulas como base, mais mesmo assim eu consegui me sair bem, e consegui vencer o concurso. Lucas Menezes.
Pamela: Quando eu fui coroada e recebi o meu primeiro título (miss teen São Gonçalo 2018) eu já era uma modelo profissional, formada, porém não esperava ganhar o concurso e o título principal (miss teen Rio de Janeiro 2018). Eram muitas garotas bonitas, que desfilavam bem, talentosas e simpáticas. Eu ter ganho o concurso foi uma surpresa enorme e foi um momento mágico, a felicidade não cabia dentro de mim, com isso, comecei a ganhar patrocínios para quando eu desfilar, comecei a trabalhar mais, fotografar e desfilar mais, fazer o que eu amo. Logo depois fui para São Paulo concorrer ao título do Miss Teen Brasil 2018, mas infelizmente não ganhei o título de Miss Teen Brasil 2018 mas obtive muita experiência e aprendizado. Os dias que eu passei lá em São Paulo foram incríveis, aprendi coisas novas e que vou levar para o resto da vida e adorei as pessoas que conheci lá.

Julia (mãe): A Rozi indicou ela ao título do ponto turístico, Praia de Icaraí, e depois ela foi concorrer lá em Copacabana no Teatro Princesa Isabel ao título do Rio de Janeiro, ela venceu e foi pra São Paulo conquistar o título de Miss Brasil. A respeito do Miss América ano que vem na Bolívia também, a preparação está a mil…a busca do patrocínio, a Becs está preparando muito ela, porque tem que ter toda essa preparação.

Quais são as maiores dificuldades que tiverem que enfrentar, e quais os limites que vocês se põe?

Pamela: A minha maior dificuldade foi ver gente da minha própria família desacreditar de mim, até eu mesma cheguei a desacreditar de mim e ir atrás dos outros mas vi, que pra mim, era mais importante a minha opinião do que a dos outros e que eu era/ sou capaz sim de chegar aonde eu quero e realizar o meu sonho, basta eu me esforçar.

Lucas: No pouco tempo que tenho, não tenho como citar muitas dificuldades, talvez só com a questão de pagamento por algumas coisas, mais nada de muita dificuldade. O limite, como é trabalho, ele é bem alto.

Julia (mãe): A maior dificuldade a princípio é a financeira, que tem todo um gasto, e a gente pretende lutar bastante e estamos tentando patrocínio para ela.

Como fica separar o dia-a-dia dos estudos da profissão?

Pamela: Confesso que é meio complicado, requer muita responsabilidade e comprometimento. Várias vezes eu tive que faltar aula para fotografar, ensaiar para desfile, mas sempre correndo atrás das matérias que eu tinha perdido.

Lucas: Fica bastante corrido, porque eu faço faculdade de manhã e as vezes eu tenho que vim rápido para a agência de tarde. Já aconteceu de bater os dois horários e eu ter que falta aula por exemplo, para poder estar presente aqui.

Julia (mãe): O estudo é prioridade na vida dela, ela completou 6 anos em julho, está no 1º ano do ensino fundamental que é a antiga alfabetização, e isso é prioridade, o estudo dela. Graças a Deus é uma ótima aluna.

Para quem deseja iniciar a carreira agora na moda, quais as dicas que vocês poderiam deixar?

Pamela: Uma dica que eu sempre deixo para as pessoas é que jamais desistam dos seus sonhos e desacreditem de si. Vai ter muita gente tentando fazer a sua cabeça, dizendo que você não leva jeito para isso e que você deveria fazer aquilo mas basta deixar a opinião dessas pessoas de lado e seguir em frente com muito foco e determinação que um dia vai realizará os seus sonhos.

Lucas: Tem que ter muita disciplina, a cima de tudo, foco, dar bastante prioridade, e principalmente acreditar no que se está fazendo.

Julia (mãe): Todos os país que vem que a criança gosta e que leva jeito, meu conselho é fazer o que eu fiz, procurar uma boa agência para ter toda uma preparação, ter paciência também, porque as coisas vão acontecendo com o tempo, tudo certo.

Com informações de Luca Moreira. Fotos: Divulgaçao.

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.