Na tarde desta quarta-feira (23), o secretário de Segurança Urbana de Vitória, Fronzio Calheira, recebeu o secretário de Segurança Pública do Estado, Roberto Sá, e o comandante da Polícia Militar, coronel Barreto, para apresentar o sistema do Cerco Inteligente de Segurança da PMV.

Os gestores tiveram acesso aos resultados obtidos desde a sua implantação, em abril de 2018. Foram 96 veículos roubados recuperados e diversos crimes solucionados com ajuda do sistema.

Eles também viram de perto como o videomonitoramento funciona para acompanhar veículos suspeitos que passam pelas 18 barreiras do Cerco Inteligente.

Integração


A ideia é que, a partir desse encontro, aumente a integração entre as instituições para que o sistema seja ainda mais utilizado em prol da segurança do Estado e da capital.

O prefeito de Vitória, Luciano Rezende, destacou a importância dessa integração. "Desde os primeiros encontros com o governador Renato Casagrande, reforçamos que o sistema do Cerco Inteligente está à disposição das forças de segurança do Estado. Todas as informações disponíveis podem ser utilizadas. É o primeiro passo para o sistema ser usado em toda a Grande Vitória".

"Nós já temos resultados excelentes com o Cerco Inteligente, mas, à medida que a integração com as polícias aumentar, o benefício para a população será ainda maior. É necessário haver um aperfeiçoamento técnico dos sistemas junto à Secretaria de Segurança Pública do Estado. A intenção do Governo do Estado é justamente esta: investir na interação", afirmou o secretário Fronzio Calheira.

Investimentos



Visita do secretário a sala de monitoramento da prefeitura de Vitória E.S
Objetivo da visita foi conhecer o sistema do Cerco Inteligente de Segurança da Prefeitura de Vitória. (Foto: Flávio Almeida)

O secretário de Segurança Pública do Estado, Roberto Sá, disse que foi a primeira vez que teve a chance de conhecer de perto um sistema como esse. "Estou muito feliz e bem impressionado com tudo que vi sobre o Cerco Inteligente. Vitória é um caso de sucesso, e pretendemos utilizar o sistema na Grande Vitória e, quem sabe, até no Estado todo. Nosso planejamento é investir para que as polícias tenham acesso a essas tecnologias de ponta para fazer um trabalho com mais rapidez na prisão de criminosos e na investigação".

Integração


O comandante da Polícia Militar do ES, coronel Barreto, também conheceu o sistema e se mostrou empenhado em aumentar a utilização da ferramenta. "Vimos que o Cerco Inteligente tem uma função de prevenção importante, na medida em que registra e acompanha o movimento de veículos na capital e, ao mesmo tempo, possui uma repressão qualificada, já que ajuda a localizar suspeitos. É uma ferramenta fundamental para o trabalho da polícia".

Também estiveram presentes o subsecretário de Gestão Estratégica do Estado, coronel Souza Reis, e o diretor do Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes), coronel Ronaldo Mutz.

Sobre o sistema


São 70 câmeras com sistema de monitoramento OCR (reconhecimento óptico de caracteres), que leem as placas e fotografam as traseiras dos veículos, gerando um banco de dados com todos os carros que passam pelas barreiras.

Automaticamente, os dados são cruzados com a base do Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes), que tem as informações do carro.

Caso haja uma restrição de furto ou roubo ou mesmo um indicativo de suspeita emitido pelas forças de segurança, é disparado um alerta na Central de Videomonitoramento da Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Semsu), que solicita a abordagem das equipes da Guarda ou da Polícia Militar. 

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.